Preço do e-book é motivo de disputa pública entre Amazon e Macmillan
Fonte: PublishNews   
Dom, 07 de Fevereiro de 2010 / 10:24

E por enquanto, quem está ganhando são as editoras que vão conseguir aumentar o preço fixado pela Amazon (hoje, em US$ 9,99) para os e-books.

Neste fim de semana, a disputa entre a loja virtual e a Macmillan, uma das maiores editoras americanas, fez com que a Amazon parasse de vender os livros da Macmillan em retaliação à tentativa da editora de aumentar os preços dos livros para US$ 12,99 e US$14,99.

Em carta a seus autores, clientes e livreiros, John Sargent, diretor da editora, lamenta que as duas empresas estejam divergindo sobre esse assunto. “Amazon e Macmillan querem um futuro saudável e vibrante para os livros. Nós, claramente, não concordamos sobre como chegar lá”. Ele disse ainda que o fato de a venda de seus livros ter sido suspensa pela Amazon mostra que eles estão firmes em sua posição.

“Manteremos, igualmente forte, nossa opinião. Espero que você concorde conosco”. A Amazon, no entanto, voltou atrás e vai aceitar o acordo: “Nós queremos que você saiba que por fim aceitaremos os termos da Macmillan porque ela tem o monopólio sobre seus livros e nós queremos oferecê-los a vocês mesmo acreditando que os preços sejam desnecessariamente elevados para e-books”.

Tudo isso aconteceu depois que a Macmillan decidiu vender seus livros na iBookstore, da Apple, lançada junto com o iPad.

Fonte: PublishNews

 
           

Assine nossa newsletter e receba notícias da área gráfica, além de informações sobre cursos e eventos do segmento

Assinar

Calendários de Eventos

Siga-nos no twitter

 André Borges Lopes
 Ricardo Minoru Horie
 Alexandre Keese
 Ana Cristina P. Oliveira
 Vitor Vicentini